quinta-feira, 30 de setembro de 2010

I love night live

Paulette Pink sob as lentes da fotógrafa Célia Saito. Imagem de rápida associação com a primeira metade da década passada!

A foto faz parte da exposição que começará a partir desta sexta-feira (01) celebrando quatro décadas de vida noturna paulistana. Patrocinada por conhecida marca de vodka, acontece também em outros 13 países, onde cada qual busca representar o que tem de melhor existe em termos de balada, ou rebu, como diziam nos anos 70.

Essa mostra de São Paulo reunirá além de fotos, objetos, música e provavelmente, os seres iconográficos dos períodos. Cada cômodo do castelinho da Brigadeiro Luís Antônio será dedicado a épocas específicas, inclusive com o som que se ouvia.

Como haverá bar relembrando também o que se bebia, o evento é restrito aos maiores de 18 anos. Na página da Vejinha há algumas outras informações interessantes.

[Ouvindo: Sukidakara – Nobora Inoue]

6 comentários:

Refer disse...

Conheci pessoalmente a Paulette — a filha que pedi a Deus. Quanto à fotógrafa, posso dizer que é o tipo da japa com quem vc topa fazer qq coisa, desde casar :D :D até orçar hortifrutigrangeiros na Cooperativa Agrícola de Cotia.

Miguel Andrade disse...

Refer, se Deus te desse todos os filhos e filhas que você lhe pede, teria uma mega prole.

Refer disse...

É tudo demagogia minha — demagogia rasteira, bem de acordo com estes tempos eleitoreiros. Jamais quis ter filho algum, a humanidade me provoca horror.

Também não sou candidato a nada. :D

Miguel Andrade disse...

Refer, somos dois... Embora às vezes eu me encante com algumas criancinhas fofas, mas logo depois penso no trampo que deve ser criar aquilo.

Leticia disse...

Idem, ibidem, com batatas coradas...

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas a senhora quase tem um!

Related Posts with Thumbnails