quinta-feira, 5 de agosto de 2010

A garota com “it” nato

Faz 48 anos hoje (5 de agosto) que Marilyn Monroe se foi. Já há tanto tempo, e ela continua com uma imagem fortíssima.

Gosto especialmente da foto que está neste post. Simpática, à vontade com uma câmera “indiscreta” em luz natural... Além do que o departamento de promoções do estúdio proporcionava às estrelas.

Um (entre tantos outros) diferencial pouco comentado dela era a habilidade em saber lidar com as lentes das câmeras. Aparece quase sempre bem e diferente em momentos distintos da sua vida.

Para ver muitos outros posts sobre Marilyn, clique aqui.

A imagem (se eu não me engano) é um oferecimento Enrique Vila-Matas

[Ouvindo: That's Amore – Dean Martin]

2 comentários:

Pri[s] disse...

Incrível como não me lembro de "não conhecer" a Marilyn. Embora só tenha assistido seus filmes apartir de 2007.

E parece que ela está mais presente do que nunca. Nunca vi tantas bolsas, carteiras, quadros, maquiagens com sua imagem antes... Mas os DVDs dos filmes dela? Difícil de achar. Mais uma prova que o mito superou a atriz.

Ah, e por causa dela eu consegui passar numa matéria da faculdade... Semiótica! Eu tinha um "macete": Marilyn é ao mesmo tempo um Ícone, um Índice e um Símbolo. E a partir daí jeito analisava os outros exemplos! =D

Pra mim ela era brilhante! Em todos os sentidos... *.*

Miguel Andrade disse...

Pris, ótimo macete! Heheheh

Mas comigo também foi assim. Fui a vendo desde que nasci sem saber quem era.

Só na adolescência é que corri atrás pra decifrar a imagem q eu via.

Quanto aos DVDs, tem Os Homens Preferem As Louras a preço de amendoim torradinho nas americanas daqui! Dá vontade de comprar de novo!

Related Posts with Thumbnails