quarta-feira, 9 de junho de 2010

Pausa para nossos comerciais

Limpol é bom, é da Bombril.

E foi-se o tempo em que Bombril, a palha de aço que pretensamente tinha 1001 utilidades, era sinônimo de coisa boa. Não lembro na minha infância de ver outra marca na cozinha da minha mãe.

Hoje, mais aguado, seu detergente líquido nem de longe lembra aquele concentrado que tanto ostentavam nos reclames. Um dos que menos valem em sua faixa de preço.

Peguei certa implicância com essa empresa principalmente pela campanha na TV com o chamado Garoto Bombril. Nunca vi muita graça no efeminado e arrogante personagem (recordista de permanência no ar), mas o tolerava diante das prateleiras do supermercado.

Os publicitários por detrás dele devem acreditar que nós telespectadores/consumidores somos idiotas. Só pode ser por isso, para fazerem estardalhaço por duas vezes com a despedida do ator e depois ele volta como quem não quer nada.

Sabe-se que propagandas não precisam ser essencialmente originais, mas não há nesse mundo quem goste de ser ludibriado. Principalmente na hora de vender produtos que diretamente dizem serem superiores à concorrência.

[Ouvindo: The One - Limp Bizkit]

8 comentários:

Refer disse...

O publicitário, vc quer dizer. O Garoto BomBril é cria exclusiva de Washington Olivetto.

Pulando do personagem para o ator, o Carlos Moreno é um amor, tipo assim 'o genro que eu pedi a Deus'.

Miguel Andrade disse...

Refer, pois é! Mas as campanhas devem ser boladas por uma equipe.

ah, mas os senhor se derrete por sorrisos simpáticos! hahaha!!!

Leticia disse...

Miguel, o babado é a meta que o Garoto Bom-Bril alcançou. E o Moreno é tão bacaninha, vai!...

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas ele te convence que aquilo que ele diz é verdade? Me parece fazer o gênero que geralmente brasileiro ADORA! Pode não estar falando a verdade, mas é simpático, e isso basta. Basta?

Só não me faz trocar de canal pq são anúncios curtos...

Leticia disse...

Convence, Miguel. Pode não convencer a você ou a mim (a mim, então, nenhum comercial convence), mas surtiu efeito durante décadas.

Agora, dona Suzana Vieira fazendo propaganda de detergente... E aquilo que já comentamos uma vez: Xuxa e o hidratante Monange, Zezé di Camargo e Luciano comprando móveis na Marabrás e levando um celular de presente, Vera Fischer convencendo o cara a pintar os cabelos com Grecin, e, recentemente, o Marcelo Adnet de cainhoneiro...

Ah, e o Santoro que fez cursinho de inglês não sei onde.

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas creio que está muito saturado.

E famoso que coloca o produto em frente a cara e fala "Eu uso tal produto..."? Como é que em 2010 ainda fazem isso? rs

Vinicius disse...

Gostaria de deixar meu adendo técnico, onde do alto da minha grande experiencia de universitario/dona de casa, o limpol é o mlehor detergente do mercado.[/jaba]

Miguel Andrade disse...

Vinícius, mas não é mesmo!

Related Posts with Thumbnails