domingo, 9 de maio de 2010

Próxima atração: Machete

E no novo trailer de Machete a falta da cena em que o herói mexicano aparece com a mulher e filha do seu inimigo causou muito mais tititi do que sua existência em si. Era uma das coisas mais engraçadas em seu trailer falso, exibido antes de Planet Terror (2007).

A imagem limpinha, sem aqueles rabiscos de deterioração da película também é estranha. Parece que agora a trama se passa na atualidade e não é mais uma película velha de exploitation.

Nesse novo trailer (o filme deve estrear ainda em 2010) deu certa preguiça quando apareceu a tal da Michelle Rodriguez, NOVAMENTE fazendo a fancha boa de briga. Pelo menos está caolha!
Sempre que vem um novo filme do Robert Rodriguez penso: Wow! Agora o ele chega lá! E quando estreia, a recepção fria da plateia é sempre aquela decepção.

Poucos vão ao cinema para assistir a uma piada. Ou melhor, poucos vão ao cinema para assistir a uma piada que precisa ser entendida!

A mocinha da bilheteria, quando fui assistir Planet Terror, me pediu desculpas em nome da gerência porque a cópia que eles receberam estava muito danificada. Tinham recebido várias reclamações.
Seu calcanhar de Aquiles é claro. Fora Sin City, o segundo (e último) que ele dirigiu sem ser uma idéia original sua, Rodriguez se perde em devaneios técnicos deixando pra lá roteiros frágeis.

Será reconhecido na posteridade como um cara a quem o cinema moderno deve bastante. Mas os lambe botas do Tarantino foram injusto alardeando que Death Proof era superior ao do colega (e irmão de fé camarada) em Grindhouse.

[Ouvindo: Sou uma Estranha - Irmãs Castro]

9 comentários:

qualquergordotemblog disse...

Quer dizer que explodir a cabeça dos outros pode, peitões não?

Miguel Andrade disse...

qualquergoro, pensei no mesmo. Que mundo hipócrita vivemos!

qualquergordotemblog disse...

Acho que o problema não tá com o o mundo e sim com os americanos (esses malditos imperialistas! hehehehehe). Não lembro de veressa hipocrisia no cinema europeu ou de outros países (apesar de que não sou um entendido nesse tipo de cinema). Senão me engano o John Landis e o Paul Verhoeven já criticaram isso algumas vezes.

Leo disse...

Robert Rodriguez normalmente me cansa, me dá uma preguiça mental. Mas eu sempre dou uma nova chance pra ele.

Miguel Andrade disse...

qualquergordo, e eu só vi teu comentário agora, sorry! Mas é que nos EUA há MUITA grana envolvida!

Leo, sempre tem umas ideias muito boas nos filmes dele. mesmo os não tão bons assim.

qualquergordotemblog disse...

Vi poucos filmes do Rodriguez e os poucos que vi gostei. Ainda não vi a série completa do Mariachi (mereço ser apedrejado por isso)mas quero ver.

Quanto a questão da grana, eu já sabia: Menos peitos = Classificação Etária mais baixa = Mais bilheteria. O que me espanta mais é a inversão de valores mesmo (pode explodir a cabeça dele mas sem mostrar os peitos)

Miguel Andrade disse...

qualquergordo, hipocrisia mesmo! E parece que está piorando!

Tenho dentro da minha coleção de DVDs a sub coleção Robert Rodriguez. Já vi todos, inclusive os infantis, podem não ser grande coisa mas sempre enchem minha abeça de idéias!

Karla Hack disse...

Eu sempre gostei do estilo, meio escrachado, do Robert Rodriguez - apesar de não conhecer muito o trabalho dele.
Só que poucos acabam captando a magnitude desta piada - como você disse - a ser entendida.
Sempre passo aqui no seu espaço dar uma olhada, mas nunca comentei... E tive que deixar meu comentário aqui neste post, porque algo muito parecido aconteceu comigo quando fui assistir o Planet Terror... Inacreditável!
Fiquei curiosa com o Manchete (que bom que o falso trailer rendeu algo).
;D

Miguel Andrade disse...

Karla, então o susto das gerências deve ter sido generalizado! Meu Deus!

Obrigado pelo comentário! :D

Related Posts with Thumbnails