sexta-feira, 7 de maio de 2010

Duro estar na pele da Bardot

Tava olhando uns pôsteres só de filmes com a Brigitte Bardot e... Eu acho que deveria ser um saco ser Brigitte Bardot!

A grande maioria parece de sexo explícito de tão sexualizados. Imagina você trabalhar numa área em que é reconhecido apenas um pedaço de carne?

Coisa chata! Mesmo você sendo um belo pedaço de carne.

Se você não tem mais nada pra mostrar, vá lá. Invista nuns peitinhos de silicone aqui, um botox ali, uma drenagem linfática acolá...

Mas não era esse o caso da B.B. E o tempo mostrou bem como ela está pouco se importando para a aparência física.

Até para pobres mortais como nós. Quer coisa mais tolinha de quem acha que ta nos agradando ao elogiar atributos físicos?

Agradecer por coisa que nem se moveu uma palha para conquistar? Obrigado à genética de papai e mamãe!

E muito me irrita quem faz escarcéu com a aparência atual dela. Primeiro porque o macaco nunca olha pro seu rabo.

Segundo! Com uma notícia do tipo “Bardot salvou não sei quantos cachorrinhos de laboratório da indústria cosmética”, tem que ser muito espírito de porco pra comentar com quantos pés de galinha ela está.

Veja também:
Brigitte Bardot Certinha do La Dolce


[Ouvindo: Creep - Radiohead]

15 comentários:

Jôka P. disse...

Dur dur d´être un bébé!

Miguel Andrade disse...

Jôka P., Jamais été aussi bébé.

Leticia disse...

Pôxa, Miguel, eu ia elogiar sua nova fotinho no Twitter, não vou mais...

A humanidade é feita de 99% de gente feia que dói, mas que analisa os outros como se a Elite Models lhe ligasse todo santo dia.

Bardot aproveitou o que o tempo lhe concedeu. Tinha mais o que fazer depois dos 40 do que lutar bestamente contra o tempo.

(Inteiramente) linda até hoje...

Lelê Mafalda disse...

Uma das coisas mais tristes é essa necessidade de auto afirmação através da aparência. Mas o mais estranho mesmo, é que parece que quem mais critica o culto ao belo, são os que também mais criticam a aparência alheia.

...difícil essa vida.

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas voce pode! Você já elogiou tantas outras coisas! :D

Mas é verdade! 99% gente feia. Por isso as bonitas ganham tanto dinheiro trabalhando no cinema, de modelo, etc.

Lelê, eu to me lixando pra aparência alheia...:-/

Sério mesmo! Nunca reparo, até pq, sou bem distraído. Bem distraído mesmo!

Leticia disse...

Então sinta-se elogiado! Está sexy, eu diria!

Miguel Andrade disse...

Letícia, obrigado! Tô me achando mais gordo naquela foto. Finalmente!

qualquergordotemblog disse...

O problema da Brigite Bardot nao é ser uma velha feia. É ela salvar os cachorrinhos e esculachar os imigrantes (tudo bem que possa ter imigrante que mereça, mas não é pra tanto).

Miguel Andrade disse...

qualquergordo, antes dela esculachar imigrantes já se falava da sua cara.

E mesmo quanto a esculachar imigrantes (não vivo num país aonde aparentemente eles sejam problema), tenho minhas dúvidas. Muito se diz sempre sobre celebridades de seu porte.

Quanto a BB mesmo, nos 90's falava-se que ela detestava gays... Logo depois ela desmentiu tal informação.

Leticia disse...

A presença islâmica na França, me parece, é uma questão maior que um simples evento de racismo aqui e acolá. O próprio governo se vê às voltas com uma verdadeira invasão, não só dos imigrantes pobrinhos (aquela imagem que a brasileirada adora, do tipo "fui barrado no aeroporto por preconceito"!), mas de gente com dinheiro e resolvida a se impor por lá. A opinião de Bardot a respeito da presença islâmica na França, me parece, é mais ligada aos péssimos hábitos culturais daquele povo, entre eles o sacrifício de animais.

A opinião de Bardot, mesmo sendo ela "velha e feia", deve ser respeitada.

Miguel Andrade disse...

Letícia, falou e disse!

Refer disse...

Lá vou eu de novo, putakiparil, me meter em polêmica. Brigitte é o tipo de gente que vomita intolerância. É uma velha francesa preconceituosa, uma chauvinista fanática. Ora, a França e os franceses têm de sofrer alguma coisa como consequência da tara colonialista secular, pela ação predatória cometida pela França contra outros povos e nações.

Que direito tem a Brigitte (e demais franceses) de reclamar que os argelinos, os marroquinos, os tunisianos, os nigerianos etc. etc. que hoje vivem na França "não são educados" como deveriam ser?

Miguel Andrade disse...

Refer, do mesmo jeito que qualquer brasileiro reclama de chineses que cospem no chão, portugueses, etc!

Um direito dela, assim como de todos, só que como célebre, pode ter suas opiniões (politicamente corretas ou não) em holofotes.

Leticia disse...

Gente, um momentinho... Todos os que chamam Brigitte de preconceituosa começam a espinafração com a palavra "velha". Oi!...

Até onde consta, Bardot não é xenófoba. Pelo contrario. Até onde sei, teve pelo menos um quarashquashquaish com um marroquino. Portanto...

Correntes de pensamento que rechaçam os povos de ex-colôias, aí é outro papo. Concordo que não é lógico.

O problema dela, como o de muitos franceses, é exclusivamente com a deliberada invasão islâmica na França.

E outra: deixa a mulher em paz, pô! Ela tem direito a ter a opinião dela, mesmo que não nos pareça fofa...

Conviver com opiniões plurais é isso. Ou será outra coisa?

Miguel Andrade disse...

Letícia, com certeza! Como se tudo que ela foi,fez ou faz tivesse se diluído por uma opinião não simpática.

Related Posts with Thumbnails