quarta-feira, 14 de abril de 2010

Pausa para nossos comerciais

O preparado que dá “it” – Leite de Rosas

E quem não quer ter “it”, minha senhora? Aquele algo a mais que só o Leite de Rosas (com o “erre” super bem pronunciado) pode lhes dar.

Pra gente entender quando “it” era uma gíria da moda, basta reparar que o tradicionalíssimo Leite de Rosas ainda era chamado de preparado. E nem faz muito tempo que a Claudia Raia garantia na TV que o usa pra deixar a cútis totalmente limpa.

Mas olha que sem graça! Na página oficial, que celebra os 80 anos (!!!) do produto, dá pra ver que eles abandonaram a embalagem azul.

A cor agora é... ROSA! Mas parece que ainda há uma versão em azul calcinha, não entendi direito.

Sempre confundi a garrafinha de Leite de Rosas com a de Leite de Magnésia Phillips. Sorte, muita sorte, nunca ter sido usuário de algum deles.

Veja também:
Terezinha Morango usa Leite de Rosas
Vida de palavrinha


[Ouvindo: Mais Perto - Rita Cadilac]

13 comentários:

Leo disse...

Não sei o que denuncia mais a idade do negócio, chamar o produto de preparado ou dizer que é pra cuidar da cutis. Cutis soa tão afrescalhado de se dizer, né?

Miguel Andrade disse...

Leo, totalmente! Os anúncios deixaram de falar isso faz tempo. A gente só lê cútis em artigo pago de dermatologista em revista de quinta.

Leticia disse...

A cutis era a maneira mais marqueteira-popular de falar pele. É mais ou menos a diferença entre pinto e pênis no "enlarge your penis". Dá um certo ar científico à coisa.

A embalagem do Leite de Rosas sempre foi rosa, pelo menos quando ele circulava lá em casa não sei pra quê. Se depois mudou pra azul e agora voltou a ser rosa, não acompanhei.

O cheiro do Leite de Rosas pra mim é tão enjoado quanto o do óleo de amêndoas paixão. O LR debaixo do braço no povo nas ruas confunde-se com o futum, numa associação parecida com a de pinho sol versus xixi.

Minha mãe - sempre minha mãe - me disse que na época dela o LR era o único desodorante que havia. Evoluímos, graças a Deus!

Miguel Andrade disse...

Letícia, então acho que nos anos 80 devia ser azul. Alguém lá em casa deve ter comprado quando eu era criança.

Pensava que só eu tinha percebido a associação pinho sol versus xixi. Hahaha!!! Ou bolinhas de naftalina...

Em cosmética evoluímos muito mesmo! Imagina que mundo diferente era o da sua mãe, que aliás, tinha "it"!

Leticia disse...

Mamãe tem it de fato, Miguel: de ontem pra hoje, me contando a epopeia do Oldegard Sapucaia na Segunda Guerra.

Cremilda (é como chamo mâmis) deveria ter uma estátua aqui, de tanto que você posta anúncios sujeitos à análise contextual (indireta) dela.

É sabonete, é desodorante, é xampú...

Tem outros itens também: Procura aí: corpinho (nome antigo do sutiã), "combinação", "Discret", cinta-liga.

Tem também outra coisa que SUMIU nos anos 90, e EU adorava: sabonete de pedra-pome da Granado. Devem ter tirado do mercado em favor de esfoliantes menos traumáticos. Mas eu adorava aquilo.

Leticia disse...

Opa!

Bolinhas de naftalina = mofo.

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas ele colocam naftalina no xixidouro masculino!!! Sendo que há uns plásticos, em rodelas, que fazem o mesmo efeito, sem o cheiro característico do mofo.

E o fascinante da sua mãe é que ela lembras de tudo! Chato perguntar dessas coisas pra quem tem memória fraca.

Rubens disse...

Sempre vi a embalagem rosa, essa azul é mais recente.

Lá em casa a gente usava aquele outro o Leite de Colônia... lembro que o verde era sem álcool e o azul tinha álcool...esse ardia o suvaco da gente...ahahaha

Miguel Andrade disse...

Rubens! Tô doido então... Pra mim era azul!!!

Leticia disse...

Xi! Leite de Colônia era outro. Isso também tinha lá em casa, no tempo em que era apenas uma embalagem de vidro, incolor, sem essas variações.

Mas minha mãe não usava como desodorante, e sim pra fazer limpeza de pele. Até que um dia minha tia, dada a momentos de beleza com as sobrinhas, resolveu passar no meu pescoço sujo de criança. Pra quê? Fiquei parecendo uma foca vermelha.

Alergia, alergia, alergia. Nunca mais. De quebra, impliquei tb., com o Leite de Rosas, a ponto de não poder nem com o cheiro dos dois.

Miguel Andrade disse...

Letícia, pescoço de criança! Hahahahaha

Traumático! Adultos encanam de esfregar forte.

E gozado como haviam produtos que serviam pra tudo. Tipo o Minancora.

Marília disse...

Miguel, vc não estaria confundindo o Leite de Rosas (embalagem rosa) com Água de Colônia (embalagem azul)? Como os dois eram o "it" da época, dá pra confundir!

Miguel Andrade disse...

Marília, é bem provável.

Related Posts with Thumbnails