quarta-feira, 3 de março de 2010

Pausa para nossos comerciais

Mais gostosa que uma bala crocante de amendoim só um pacotinho de balas crocantes de amendoim. – Qüen Qüen

Aquelas dúvidas cruciais para o bom desenvolvimento da raça humana: Cisne faz “qüen, qüen”?

E minhas balas favoritas nunca foram nem estas, nem Xita, nem 7 Belo! Eram umas que a embalagem imitavam um morango.

De formato de eram 50’s, eram duríssimas! Dava pra gente testar os dentes de leite mordendo até chegar ao recheio líquido.

[Ouvindo: Good Vibrations - The Beach Boys]

12 comentários:

Leticia disse...

Cansei de consumir balas quen quen. Essas que você fala eu nunca gostei, porque morango não é comigo (só a fruta, e mesmo assim com algum aditivo pra tirar o azedo).

E como desafiava os dentes, ô!

Miguel Andrade disse...

Letícia, morango é puro marketing da cor, coisa e tal. Mas o sabor é bem sem graça.

Leticia disse...

É. Mas, por exemplo, se não tiver outra coisa e a vontade for grande, vai ela mesmo.

O que não tolero é bala de mel ou de coco (blargh!)

E também bala cuja cor do papel, ou seu design, promete uma coisa e no final é outra. Com bombom, a mesma coisa.

Miguel Andrade disse...

Letícia, verdade! Bala de mele coco são bem ruinzinhas.

E eu AMOOOOO aquelas redondinhas cor de vinho mas que é de canela. Nunca mais as vi!

Leticia disse...

Já tentei, Miguel, mas não dá. É que não gosto do "sabor canela". De canela mesmo eu gosto.

Eu gostava sabe de qual? Daquelas de chá: erva-doce, camomila. Nunca mais vi, deve ter ainda...

Miguel Andrade disse...

Letícia, eu não suporto o sabor chocolate. Acho bem fake!

Leticia disse...

Eu adooooro!

(ai, que papo...)

Miguel Andrade disse...

Leticia, mas não lembra chocolate e é amargo! :-/

Leticia disse...

Deixei essa conversa pendurada.

à qual chocolate você se refere, o dessas balinhas de chá?

Miguel Andrade disse...

Letícia, balinha, sorvete... DETESTO! Chocolate só chocolate e mesmo assim olha lá!

Leticia disse...

Ah, tindi! Chocolate eu gosto sempre, mesmo sabendo que estou sendo deslavadamente enganada. Se o mundo fosse ideal e minha gula, adestrada, só comeria chocolate com gordura de cacau pura. Ou seja: nunca, porque é estupidamente caro.

Voltando ao código do consumidor, só na Europa os produtos de chocolate são obrigados a se separar em cacau puro e gorduras menos nobres, com diretriz normativa, selinho e tudo.

Aqui, meu filho, nem daqui um século!

Miguel Andrade disse...

Letícia, aqui é o vale tudo a que estamos acostumados. Infelizmente acostumados.

Related Posts with Thumbnails