sábado, 14 de novembro de 2009

Múltiplos fôlegos de Verinha

Quando vera Fischer ta sumidinha, voi lá! Ressurge como a mais flamejante do Olimpo das Loiras de Passado Duvidoso!

Vera 40 Graus, capa da Isto É de 92, foi numa boa fase profissional. Era conseqüência de seu desempenho na minissérie da TV Globo Desejo (1990), onde interpretou Sinhaninha de Assis.

Pela primeira vez seu talento chamou mais atenção do que a beleza, ou a vocação de diva. Nesse início de década protagonizou a telenovela Perigosas Peruas ao lado de Silvia Pfeifer e no teatro colecionou elogios como Lady Macbeth.

Três anos depois não ouve maiores bafonds dos que os protagonizados pela ex-Miss Brasil 69. Acusada de dar tesouradas na babá do filho declarou “Eu sou Vera Fischer, autônoma, poderosa e bonita”. Humpf!

Apedrejada em mídia pública, foi se tratar do suposto abuso de drogas. Ressurgiu na Caras fazendo retiro espiritual em algum país místico asiático.

Mas o aval do Zé Povão à volta de seu reinado loiro só veio em 2000, ao ser a abnegada Helena da telenovela Laços de Ternura. Trajando (sem sutiã), em horário nobre, incríveis roupões com modelagem semelhante aos vestidos que as estrelas de Hollywood usavam nos anos 40, tascava altos beijos de língua no estreante Reynaldo Gianecchini.

Dadivosa mas de coração enorme! A certa altura a sua Helena abria mão do amor quando a saliente filhinha (com CÂNCER!) também ficou gamada pelo moço. O Brasil aplaudiu a postura da mãe sofredora e estamos todos bem!

De lá pra cá, entre uma faisquinha e outra nas revistas de fofoca, o dominical Fantástico noticiou que Fischer faz trashes com os filhos. Não poderia ser melhor: De musa de filme erótico a diretora de terror caseiro.

Triste que para o grande público, aquele que insiste em assistir novelas, sua mais recente aparição foi como o mais clichê dos personagens do gênero. Mesmo com um currículo único, por ignorância imperdoável da autora de Caminho das Índias, apareceu sendo apenas motivo para a mocinha chorosa ter com quem falar.

Aliás, tipo de papel que Mila Moreira está calejada! Esperemos o próximo round...

Veja também:
“A deusa da TV com os pés no abismo”
Miss Brasil 69 excursionando pelo país

[Ouvindo: Cross Talk – Francis Coppieters]

12 comentários:

R. Scholl disse...

Moro praticamente do lado da casa onde nasceu Vera Fischer! Hoje a casa é um restaurante, almoçamos todo dia ali. Ela é a TIETA de Blumenau! A cidade desancou o cacete por anos a fio nela, hoje ela vem aqui e o povo se joga aos pés dela, implorando o reconhecimento... chega a ser patético ver os jornais tentando uma intimidade inexistente, chamando ela de "Verinha" ou a "Nossa eterna Miss"... apesar de não simpatizar com a loira (não posso com a voz rouca !), eu bato palmas pro carão que ela dá nos que anos atrás jogaram pedras nela.

Miguel Andrade disse...

R. Scholl, e como se chama este restaurante? Morada da Vera? Acho que ninguém sabe desse lado Tieta dela com a cidade de origem. rs

R. Scholl disse...

O restaurante se chama " Do Sítio"! É uma casa dos anos 40, de 3 pisos, num estilo "germânico moderno". Tem uma inscrição na fachada que diz "Emil Fischer", provavelmente era um comércio da família no térreo e moravam nos andares de cima. Tem muita história da Verinha aqui! Muita lenda e fofoca...

Miguel Andrade disse...

R. Scholl, aí tem muita história da Verinha? Até em Itapeva, onde cresci, cidadezinha ao sul do estado de São Paulo, tem historia da Verinha. Comenta-se que ela era até namorada do rico comerciante local quando foi miss.

R. Scholl disse...

Mas ela tinha muito fôlego ou muito tempo disponível ! Se ela namorou todo mundo que diz ter namorado (estou sendo elegantíssimo), ela deve ter uma lista maior que a do Casanova! Diz que começou cedo aqui...

Miguel Andrade disse...

R. Scholl, isso faz parte. Vera Fisher é uma lenda viva do Brasil. Quer as pessoas queiram ou não.

Glauco disse...

"tipo de papel que Mila Moreira está calejada" hahahahahaha

Perfeito!

Miguel Andrade disse...

Glauco, ou falam sozinhos ou tem um amigo pra "desabafar".

Pior que vi o mesmo povo que a elogiava como atriz, descendo a ripa agora. Como se ela tivesse culpa da porcaria que lhe reservavam.

Como William Holden diz em Sunset Boulevard, a plateia ignora a existência do autor. Acham que os atores falam por conta própria.

O pouco que assisti desta novela, estrela deste porte relegada a sub papel chegava a constranger.

Igres Leandro disse...

A Vera era muito sexy antes. Hoje ela me passa uma aparência de quem vai desmontar a qualquer momento.

Miguel Andrade disse...

Igres, o tempo passa para todos, indiscriminadamente! Até que ela se mantém bem pra idade.

Leo disse...

Devo confessar que tenho preguiça de Vera Fisher.

Miguel Andrade disse...

Leo, ai gente! Você também? Não sabem o que é diva nacional!!!

Related Posts with Thumbnails