sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Perigosas curvas a nanquim


Muito antes da Marge Simpson estampar a capa da Playboy americana em celebração aos 20 anos de The Simpsons a brasileiríssima Drag Car estava na de Sexy! E com o diferencial de aparecer nuinha em pêlo no interior da revista, coisa que a esposa do Homer não deve fazer.

A corrosiva personagem aparecia nos comerciais de Bardahl da TV, um produto automotivo. Pra você ver como 1995 faz tempo, repare na chamada festejando Deborah Secco VIRGEM (!!!) respondendo perguntas picantes.

E não podemos esquecer que a capa da Playboy americana de novembro de 1988 trazia uma modelo caracterizada de Jéssica Rabbit. Pura ousadia para uma personagem Disney.

O site TMZ divulgou hoje com exclusividade a suposta edição com a Marge e não é lá grande coisa. Reproduz a manjadíssima capa de outubro de 1971, considerada uma das melhores de todos os tempos, e já modelo de inspiração centenas de vezes.



Veja também:
Betty Boop - Este voluptuoso ser minúsculo
A ruiva mais sexy dos cartoons


[Ouvindo: Wow (MSTRKRFT Remix) – Kylie Minogue]

6 comentários:

Jessica Fraga disse...

Pam Grier na capa de Playboy, gente. Quem a vê em "The L Word" até esquece. Ai será que é maldade minha?

Miguel Andrade disse...

Jéssica Fraga, mas nem é a Pam Grier!

Esta é a Pam Grier >> http://cidadaoquem.blogspot.com/2009/01/sim-deusa-sexy-seventies.html

Refer disse...

Tenho essa PB — tenho, em termos; como sou burro, dei toda a coleçãozinha de PBs americanas e Penthouses inglesas pra minha patroa pesquisar 'referências' para as fotos dela. Marido de fotógrafa sofre. E só se fode.
A modelo é Darine Stern - na época era ou ficou famosa. A primeira black FAMOSA a fotografar pra PB, que eu me lembre foi a Paula Kelly.

Miguel Andrade disse...

Refer, e com certeza eram fotos ingênuas, sem dar pra ver nada além do que mostrar qualquer catálogo de lingerie.

Imagino a quantidade de REFERências que você pode proporcionar à patroa.

Refer disse...

Não digo 'ingênuas', mas estatuescas — ainda mais no caso de Paula Kelly que é, sobretudo, bailarina.

A PB virou um açougue, primeiro, depois um canyon de silicone, seguindo a tendência das revistas masculinas e do 'ideal de beleza' feminina. Nem sempre foi assim.

Aqui, Paula Kelly arrasa — com Shirley McLaine e Chita Rivera - em Sweet Charity.

http://www.youtube.com/watch?v=5Y-XvdXFNkQ

Miguel Andrade disse...

Refer, hoje qualquer uma, qualquer uma mesmo sai pelada na capa de Playboy.

Related Posts with Thumbnails