quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Cadê as moças prendadas?

“Em página apropriada apresentamos o debuxo que orna esta encantadora blusa. Se a leitora desejar fazê-la já encontrará o desenho que muito facilitará sua confecção. Não precisamos dar detalhes porque o principal era o desenho do bordado. O resto é fácil de se fazer. Saia plissada e sinto de veludo negro. É um modelo Judy Bond. Desenho na página 86.”

Sensacional! Faça você mesmo sua roupinha de solteirona desesperada! O bacana é que dizem que é fácil... Deve ser mesmo mais fácil montar uma camisa inteira do que bordar um debuxo de toalha de mesa de tia.

E segundo o Google Imagens, Judy Bond são estas camisas femininas 50’s. Juro que antes procurei no IMDB por alguma celebridade.

Daí que na tal página 86 nos deparamos com os tais desenhos.

Chamar a página da modelo de colorida, apenas com aquele cianinho jaguara, é de um otimismo comovente, né?

Repare o naipe do anúncio no quadro ali do canto: “Pensão e sanatório “IDEAL” para fracos e convalescentes.”

Veja também:
Ponto cruz pop


[Ouvindo: Shombalor – Sherrif & The Revels]

9 comentários:

Refer disse...

Não é a Carol Lynley adolescente na foto? Compare.

http://www.zshare.net/image/673049577bb6a913/#

Deniac disse...

Cara, muito bom isso! Rí muito!
Não canso de dizer: Vc é o rei do Kitsch!

Miguel Andrade disse...

Refer, se não é provavelmente é gêmea!

Deniac, aham.... Cadê a minha coroa? :D

Tico Dias disse...

Achei muito mais parecida com a Natalie Portman...

Miguel Andrade disse...

Tico, pode ser também! A outra encarnação dela.

Leticia disse...

Era o que havia para as moçoilas fazerem naquele tempo. E, em moda e costumbres, tudo é relativo.

Quem sabe daqui uns 20 anos não estaremos debochando das Merds que hoje passam horas na chapinha? Com os olhos da experiência, garanto que o mico hodierno é maior.

Miguel Andrade disse...

Letícia, já estou debochando desde já. Sou mesmo um rapaz a frente do tempo! :D

Leticia disse...

Idem, ibidem. À frente do meu tempo eu não sou. Mas tenho casca o bastante pra saber que a moda atual será um dos micos mais memoráveis da história da humanidade.

Miguel Andrade disse...

Letícia, disse isso outro dia sobre a Mostra. Ter casca é bacana porque vai se vendo as coisas acontecendo em loop. O povo se estapeando por algo que o resto do ano tão cagando e andando.

Related Posts with Thumbnails