terça-feira, 29 de setembro de 2009

Ternura intacta


Levei a vida toda acreditando que Puro Teatro, cantada por La Lupe, era pra dor de cotovelo em lá maior. Um dramalhão rasgado de mulherzinha abandonada, ouça a música clicando aqui.

Segue trecho da letra de Tite Curet Alonso:

"Igual que en un escenario
finges tu dolor barato
tu drama no es necesario
ya conozco ese teatro.

Fingiendo,
que bien te queda el papel
después de todo parece
que esa es tu forma de ser.

Yo confiaba ciegamente
en la fiebre de tus besos
mentiste serenamente
y el telón cayo por eso.

Teatro,
lo tuyo es puro teatro
falsedad bien ensayada
estudiado simulacro.(...)"

Mas, levando-se em conta de que ela era exilada política cubana, a carapuça também cabe lindamente ao ditador Fidel Castro. Revolucionário popular que de popular mostrou não ter nada.

Pior que vai embora meio mundo, gente boa pra chuchu, e Fidel continua lá, firme e forte. Às vezes parece que o capeta já ta esfregando as mãozinhas, no aguardo, e nada...

A foto P&B é um oferecimento Impromp 2, a letra da canção de Soy un perro callejero.

[Ouvindo: Dayha Oulabes - Boutaiba Sghir]

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails