domingo, 13 de setembro de 2009

Perigo constante desde 1900 e alguma coisa


E não é de hoje que se olha de soslaio para qualquer besteirinha que as garotas façam ao volante. Aliás, ingenuidade absoluta acreditar que preconceitos vieram de ontem...

Ou que poderão ser superados com leis, decretos, queima de sutiã ou coisas que o valham. Educação além do umbigo, minha gente!

Um oferecimento If Charlie Parker Was...

Veja também:
Dr. Cyclops, o misógino
O adestrador de esposas


[Ouvindo: Estranho Amor – Caetano Veloso e marina Lima]

4 comentários:

Mão do Macaco disse...

Mas tem gente que mesmo educada, vai optar por discriminar. Pra essas pessoas tem que ter uma lei sim, que reprima e puna.

Miguel Andrade disse...

Mão de Macaco, claro que tem que ter lei. Mas não adianta só lei sem educação.

Não me refiro à esta educação chinfrim ensinada no Brasil que se atém a ensinar os afluentes do Rio Amazonas e se esquece do básico do básico que é formara cidadãos.

Refer disse...

Miguel, sem querer justificar preconceitos, as mulheres hoje gozam de todos os privilégios. A opressão feminina é sufocante. Crianças de agora nem têm mais referência do masculino porque os pais delas agem da mesma forma que as mães, só que mais desajeitadamente. Nada mais deprimente do que 'o homem feminino'.

Miguel Andrade disse...

Refer, com certeza! Sinto que nem em todas as áreas se percebe isso. Talvez no ambiente doméstico a coisa tenha mudado.

Related Posts with Thumbnails