quarta-feira, 30 de setembro de 2009

No rastro do cometa

O algoz

As vítimas

Engraçado como fenômenos astronômicos que acontecem de tempos em tempos são hiper banais hoje em dia. Quase a cada mês temos um.

Nos 80 não era assim! A passagem do cometa Halley foi uma febre absurda! De revista em quadrinhos, camisetas, discos... Teve de tudo para aproveitar a oportunidade que só acontece de 76 em 76 anos.

Mas que oportunidade? Ninguém viu coisíssima nenhuma, embora sempre tinha aquele coleguinha mentiroso na escola contando o mesmo que dirá aos netos.

No cinema Tobe Hopper (de O Massacre da Serra Elétrica, 74) deu mais um passo rumo ao anonimato com Força Sinistra (Lifeforce, 1985). Maior cabide de emprego que os bonecos animatrônicos já tiveram.

Mezzo Aliens – O 8° Passageiro, mezzo Invasores de Corpos, astronautas acham 3 pessoas peladonas dentro do cometa Halley. Na Terra revelam-se vampiros de energia vital.

Com a vilã sempre nuinha andando de um lado pro outro, seria impossível assisti-lo na Tela Quente destes pudicos tempos em que vivemos. Tem mais nudez que as infatigáveis aventuras de Justine no Cine Band Privé.

[Ouvindo: Vitória Régia – Tim Maia]

4 comentários:

Carmen disse...

É verdade, ninguém aqui no Brasil conseguiu ver um cisquinho dessa porra de cometa!

Miguel Andrade disse...

Carmen, e nem deram satisfação depois. Puta frustração na molecada!

Refer disse...

Pessoal esquece..., na época houve um absurdo passeio milionário de avião fretado, um lance comandado por Victor Oliva, para ir "ver" o cometa no céu. Claro, quem foi nessa furada viu tanto quanto as pessoas viram da terra. Novo rico é phoda!

Miguel Andrade disse...

Refer, hahahahahah! Que sacanagem!!!!

Related Posts with Thumbnails