terça-feira, 4 de agosto de 2009

Notícia nova


Como muitas starlets 50’s, a italiana Silvana Pampanini não só esteve no Brasil (aka Rio de Janeiro, lógico) como deu o pontapé inicial numa partida entre Vasco da Gama e Fluminense. E ainda saiu acusada como responsável pela má atuação do arbitro.

Tai um hábito do futebol que deveria ser resgatado: belas e famosas garotas dando o primeiro chute na bola. Seria pelo menos algum interesse extra num esporte chato, chato, chato...

[Ouvindo: Groove Is in the Heart – Deee-Lite]

10 comentários:

Kordacapra disse...

Exatamente, pois até Marilyn Monroe chegou a dar o chute inicial.

Miguel Andrade disse...

Kordacapra, pois é! Lembrei dela quando vi esta foto da Pampanini.

Glauco disse...

Concordo, esporte chato, chato...

Mas Miguel, do jeito que anda nossa indústria de estrelas, o pontapé inicial seria de alguma fruta da estação (Melancia, Melão, etc.), ou de alguma ex-Big Brother, e afins.

Miguel Andrade disse...

Glauco, hahahaha! Depois pensei nisso também! Não coloquei no post pra não acharem que quem é chato sou eu!

Refer disse...

Quero crer que vcs, então, nem queiram saber que o São Cristóvão foi campeão carioca em 1926; que o apelido de Mauro, capitão da Copa de '62 era 'Marta Rocha'; não imaginam a importância de Paulo Valentim e Quarentinha para a torcida do Botafogo e a de Mengálvio no Santos FC. Acho que vcs. são marcianos, embora até em Marte, com certeza, existam fãs do ludopédio.

Miguel Andrade disse...

Refer, isso sim é cultura inútil!

Dão importância a cada jogo sendo que na próxima semana haverá outro EXATAMENTE idêntico.

Glauco disse...

Refer, acredite, de tanto passar em frente ao Campo do São Cristovão F. C. (em cima na verdade, pela Linha Vermelha), eu até já sabia que ele foi campeão carioca de 1926. Sempre me indaguei, nunca conseguiu mais nada?

Miguel Andrade disse...

Glauco, antes isso do que nada! Eu não consigo entender as regras do futebol! "Mas é só isso?"

Refer disse...

Não ia responder por medo de entrar numa polêmica que não cabe no La Dolce & Gabbana Vita. Vamuslá!
Citei 2 ou 3 fatos & fotos s/futebol como poderia citar milhões outros. Por sorte (rabudo que sou) o que chamou a atenção foi o título do S. Cristóvão F. R.

OK. Em SPaulo existe há uns 10 anos um bar/restaurante temático DE SUCESSO, dedicado ao futebol e ao São Cristóvão — leva o nome do clube.
Não é o título de '26, apenas, + o inequívoco perfil cosmopolita paulistano que torna o bar viável: são as citações nas crônicas de Sergio Noronha, de Armando Nogueira, de Nelson Rodrigues, de Sergio Porto; foi no Figueirinha (o estádio do S.Cristóvão) que se revelou Ronaldo Fenômeno. Não sei se é cultura inútil, talvez seja, assim como se pode chamar de 'inútil' qq cultura pra quem não se interessa por ela.

Miguel Andrade disse...

Refer, cultura inútil não significa e-x-a-t-a-m-e-n-t-e INÚTIL. Achei que você entenderiam.

Só acho que é um esporte onde tudo acontece exatamente igual por décadas e o povo se mata por isso... É incompreensível pra mim!

Related Posts with Thumbnails