quarta-feira, 24 de março de 2004

Esqueceram de Mim
Santa sincronia!!! Ir ao cinema ver Big Fish (com a desnecessária tradução de Peixe Grande - Dããããã) e ser atendido por uma bilheteira anã com os braços felpudos já é demais! Chama o Paulo Coelho! O mundo está conspirando a meu favor. Pelo menos o mundo cinematográfico, né? E Tim Burton mesmo quando quer ser mais alegrinho ainda é sombrio pra chuchu! Que simpatia aquele Ewan McGregor! Meiguice a dar com um pau. Fazia tempos que não terminava de ver um filme sem saber se gostei ou não. E isso sempre acaba descambando para o sim. Mais informação do que meu cerebrozinho pode assimilar em 2 horas, mas Tim Burton é Tim Burton, e tenho dito! E tô sem internet em casa, o que para mim é o mesmo que ficar sem tomar banho. Ficar sem, até fico na boa, mas incomoda pra caramba. My name is Dita! Basta virar minhas cyber costas e a Lilith nem se chama mais Lilith... Uai? Como assim? Vai ser tão duro me acostumar com isso, mas fazer o quê? Ah, e sabe Paudalho? Aquela cidade com nome de duplo sentido de onde veio o Junior, o agitador cultural do mundo blogueiro? Pois é, tava eu fuçando meu Dicionário da Globo (Na falta de coisa melhor pra fuçar, confesso) e não é que Paudalho tava citada lá? Diz que lá serviu de locação pra versão televisiva de Lisbela e o Prisioneiro. Tá? Xiqui, né? E tá rolando uma debandada buniiiiiiiiiiiiiita do blogger brazuca... Sorry, mas não dá pra não encarnar o antipático: Num falei? Num falei que era furada? E nem pense que a falta de net é só agora, já faz mais de um mês, e a gente vai se virando como pode, né? Tô ficando igual aqueles televizinhos, lembra? Quando a TV era novidade, a gente sempre recebia uma vizinha meio surda pra ver novela. Postar em PC alheio é aquela coisa meio constrangedora, tipo usar banheiro que não seja o nosso pra fazer nº2. Mas ler coments eu leio ainda, sim senhor! Os poucos que me sobraram... Fala pra Mainha que tô vivo ainda! Catando coquinho, maaaaaaaas vivo! Rogaram praga! Beijaram o sapo... Huahauahauahau! Também não brinco mais! Huahauahauhauahauah

[Ouvindo: Fat Boy Slim feat. Macy Gray - Demons ]

domingo, 7 de março de 2004

Cantando na Chuva

Amores são eternos e infindáveis... Uns mais assim, outros mais assado, mas nem por isso menos amores. Já convivi com a Emília inteligente, que espantosamente se transmutou em Cuca... Depois do vendaval tudo sempre ok! Sempre ok na medida do possível! Não consigo é ter pudor em gostar intensamente de praticamente tudo que me encantar. Meu amor pelo Boris Bola ou pela Glenda Glen Glen é inabalável, e me preocupo muito com eles (Miss Glen pegou para si o título de Mãe Loira do interior sul paulista e não larga! Saiba que atualmente amamenta 8 - !!!!!!! - petits), assim como continuo amando o Sam, no céu dos roedores tão cedo, o Toby, o Ruque, a Maia, o Lugosi, etc e tá! Animais são ótimos porque não abrem a boca pra falar que você está um saco, falando pelos cotovelos, que sua camiseta daqui a pouco anda sozinha, ou que tua calça parece que estava guardada em uma garrafa... Fofos em sua ignorância e carência insolúvel! Mas sempre me pego imaginando o quanto também é absurdo que nesse mundão de meu Deus, com pessoas das mais bizarras e/ou canhestras preferências ainda se ache algo especial. Alguém que prefira mil vezes chocolate branco ao outro, saiba o que é (e goste!) de catira, mesmo gastando horas e horas entretido enquanto estuda sobre os homens mais inteligentes ainda ache graça em fazer download do tema daquela tosca novelinha mexicana infantil para morrermos de rir juntos. Alguém que, mesmo sabendo do empenho dispensado na cozinha, diz que não achou a mínima graça naquele prato feito com tanto carinho, que sua mãe já o fazia desde que se entende por gente e que você adora! De uma forma tão simples e desprovida de qualquer outra intenção que não nos sentimos ofendidos. Ter alguém que acorda ao seu lado sorrindo sempre já vai pro trono direto, e se não tiver o hábito de dormir com meias então... Companhia fiel para ver programa trash na TV em dia chuvoso. Aquela modelo e atriz de ontem rondando a reporter- modelo e atriz de hoje para espremer mais 15 minutinhos de fama se referindo sempre a incríveis e secretos futuros projetos profissionais. "Quem é essa?", você, graças a sua e desavergonhada cultura de almanaque, dá nome, CIC, RG da moçoila cada vez mais turbinada, mais os últimos (tomara que sejam mesmo!) 5 "trabalhos", e tudo bem, esta sagrada figura continuará confiando no seu taco na hora de escolher o programa para sábado á noite. Agora, bacana, bacana mesmo é você ver os seus principais defeitos refletidos em outra pessoa e tentar os mudar em si, e principalmente (e para mim isso tem uma importância avassaladora), que se for preciso paga o quanto puder pra não sair de casa á toa. E nem se preocupe, este post é protegido pela fabulosa arruda de São Martim! E que seja infinito enquanto duro, digo, dure!

[Ouvindo: Kiss Me - Sixpence None The Richer ]
Related Posts with Thumbnails